Uso de Misoprostol e Perguntas Frequentes

postado em: Uncategorized | 4

A princípio, não é nenhum segredo que muitas pessoas possui dúvidas sobre o uso de Misoprostol (popularmente conhecido como cytotec). Por isso, fizemos um resumo das perguntas e respostas mais frequente sobre o uso de Cytotec Misoprostol 200 mcg.

uso de misoprostol legalmente

O aborto induzido por uso de Misoprostol pode ser feito até qual semana de gravidez

Primeiramente, é possível realizar um aborto medicinal até a 18 semana de sua gravidez.
Mas, os abortos induzidos por medicamentos foram feitos apenas para gestações no início do primeiro trimestre. ( Ainda assim, alguns regulamentos exigiam que as gestações fossem inferiores a sete semanas ou até menos. Então, outras exigiam que fossem inferiores a nove semanas). Acima de tudo, agora está provado que o aborto medicinal é eficaz durante todo o primeiro trimestre (12 semanas) e também tem sido usado com sucesso durante o segundo trimestre com uma dosagem maior, sendo comprovando até 18ª semana de gestação.

O que acontecerá se você fizer um aborto medicinal após as primeiras 9 semanas?

Ao passo que, você pode realizar um aborto medicinal até a 12 semana de sua gravidez. Se você está grávida por mais de 12 semanas e realizar um aborto induzido por medicamentos mesmo assim, os medicamentos funcionarão e causarão um aborto. No entanto, o risco de complicações aumenta e é mais provável que você precisará receber tratamento de um médico posteriormente.

Por isso, aconselhamos fortemente que os comprimidos sejam aplicados na sala de espera de um hospital, ou num café muito próximo de um hospital. Ou seja, se precisar de cuidados médicos urgentes, estará perto deles. Os sintomas são exatamente os mesmo que ocorrem com um aborto natural.

Contudo, se precisar de tratamento urgente num hospital, é importante que diga aos médicos que sofreu um aborto natural, visto que as mulheres podem ser processadas por induzirem um aborto. Assim, os sintomas e tratamento são iguais. Perceba que vai perder bastante tecido e sangue, mas também um pequeno feto, que pode ser reconhecido como tal. Por fim, isto pode impressioná-la bastante.

Portanto, se você não tem nenhum outro meio, realizar o aborto medicinal é mesmo assim muito mais seguro do que métodos perigosos para induzir um aborto, tal como inserir objetos afiados na vagina, ingerir produtos químicos tóxicos como alvejantes, ou socando o abdômen. Seja como for, você nunca deve usar esses métodos perigosos!! Em conclusão, você nunca deve fazer um aborto induzido com medicamentos quando estiver grávida por mais de 20 semanas.

Uso de Misoprostol não deve ser feito quando;

  • Alguém a estiver a forçar a pôr termo à sua gravidez
  • Não tiver a certeza se quer realmente interromper a sua gravidez
  • O primeiro dia do seu último período menstrual tiver ocorrido há mais de 20 semanas
  • Ter alergia ao Mifepristone, Misoprostol ou prostaglandinas
  • For portadora de uma das seguintes doenças: falha crónica das glândulas adrenais, doenças ou desordens hemorrágicas, porfirias hereditárias. (É altamente improvável possuir uma destas doenças e ainda não o saber)
  • Ter um dispositivo intrauterino (DIU). Este deve ser removido antes da utilização dos medicamentos
  • Ter uma gravidez ectópica (uma gravidez que decorre fora do colo do útero)
  • Não conseguir chegar a um hospital ou centro de primeiros-socorros no espaço de uma hora
  • Estiver sozinha. Deve pedir a um parceiro, amigo(a) ou outra pessoa de confiança para ficar consigo durante a utilização dos medicamentos.

Contraindicação, o que é e como saber se tem alguma?

Primeiramente, contraindicações são condições ou situações que podem impedi-la de utilizar o conjunto Mifepristone-Misoprostol com segurança. Mas, serão geralmente coisas que já conhece sobre si própria.
Sem dúvida, descobrir se você tem alguma destas contraindicações pela consulta online é muito semelhante ao processo utilizado por um médico numa consulta feita pessoalmente. Só que, o médico descobre contraindicações geralmente perguntando ao paciente se ele possui algum sintoma.
Poderá não saber se é alérgica ou não a um destes medicamentos, mas as reações alérgicas que eles possam provocar são muito pouco comuns (0,008%) e muito ligeiras (urticária).

“Todavia, todas as contraindicações ao Mifepristone-Misoprostol, para além do tempo de gestação, são invulgares e baseadas em históricos médicos e, portanto, já serão conhecidas pela mulher. De fato, os médicos rastreiam estes problemas perguntando às mulheres se possuem os sintomas característicos.”

O que é gravidez ectópica e como identifica-la?

Visto que, uma gravidez ectópica é uma gravidez que se desenvolve fora do colo do útero, geralmente numa trompa de falópio. É uma situação que pode ser fatal porque o feto, ao crescer, pode provocar uma ruptura da trompa. Por fim, isto deve ser sempre tratado através de uma operação ou outros medicamentos. Inegavelmente, um aborto médico não trata uma gravidez fora do colo do útero!

Primeiramente, para ter a certeza de que a gravidez se desenvolve no útero pode fazer uma ecografia (ultrassom). Ademais, utilizar Mifepristone e Misoprostol para pôr termo à gravidez e não tiver feito uma ecografia antes, existe sempre a possibilidade de ter uma gravidez ectópica não detectada. Analogamente, se não houver saída de tecido e sangue após tomar o Misoprostol, pode ter uma gravidez ectópica. Assim, se subitamente sentir uma dor intensa na barriga ou nas costas. principalmente, se sentir que vai desmaiar ou se desmaiar mesmo, ou sentir dores na zona dos ombros, pode ter uma gravidez ectópica que rebentou e deve ir para um hospital imediatamente. Por outro lado, a gravidez ectópica é tratada em qualquer lado, mesmo em países onde o aborto é altamente restringido.

O que é um DIU?

posto que, um DIU é um contraceptivo, é uma pequena rodela de cerca de 3 cm inserida no útero, por um médico, para prevenir a gravidez. Uma mulher que tenha um DIU e esteja grávida deve fazer uma ecografia, pois o risco de ter uma gravidez ectópica é maior. Seja como for, se a ecografia mostrar que a gravidez se encontra no útero, é necessário remover o DIU antes de realizar o aborto.

Por que é indicado o uso de Misoprostol 200 mcg acompanhada e o que pode acontecer caso faça o procedimento sozinha ?

No entanto, sugerimos vivamente que utilize os medicamentos na presença de alguém em quem confie. Contudo, se decidir praticar o aborto medicinal sozinha, não se torna necessariamente perigoso. Certifique-se de que se encontra perto de um telefone ou qualquer outra forma de contactar profissionais médicos. Deve considerar dizer a alguém (um vizinho, um membro familiar ou alguém que esteja por perto) que não se sente bem e que vai descansar. Então, pode pedir-lhes que vejam se está tudo bem consigo no dia seguinte a ter tomado o Misoprostol. Desta forma, alguém saberá se está a passar por complicações e pode ajudá-la, embora não tenham que saber que fez um aborto medicinal. Pode dizer-lhe que pensa ter sofrido um aborto espontâneo.

Portanto, um estudo, que testou a eficácia do aborto medicinal e a utilização do Misoprostol em casa, foi realizado no Vietnam e na Tunísia. Neste estudo, 22% das mulheres no Vietnam e 24% das mulheres na Tunísia não tinham ninguém com elas na altura em que tomaram o Misoprostol. Este facto não resultou numa maior taxa de fracassos, complicações ou efeitos secundários.
Assim, se uma mulher vai praticar um aborto medicinal, será melhor se conseguir encontrar alguém de confiança para ficar com ela durante o processo. Se ela apresentar efeitos secundários anormalmente intensos (dor extrema ou prolongada, sangramento, câimbras, febre, naúseas, vómitos, diarreia) deve estar alguém com ela que possa encontrar ajuda médica.

Por que deve se estar acerca de no máximo 45 minutos de carro de um hospital ou centro de primeiros socorros para se praticar um aborto?

Além disso, é absolutamente necessário estar a não mais de uma hora de um local onde possa ser socorrida, em caso de perder muito sangue. Este é também o caso quando uma mulher tem um aborto espontâneo ou dá à luz. Não é necessário residir numa área urbana para poder realizar o aborto medicinal. Quase todas as áreas com acesso à internet terão também, na proximidade, um centro de primeiros-socorros básicos.
Às vezes, hospitais e centros de primeiros-socorros têm que possuir equipamento e pessoal médico mínimos. Este equipamento e perícia são os mesmos necessários para o tratamento de mulheres que possuam complicações relacionadas com um aborto espontâneo ou um nascimento.

Que analgésicos devesse tomar?

Mas, o Ibuprofeno é o analgésico mais eficaz para as dores ou cólicas. Você também pode usar outros anti-inflamatórios não esteroides (AINES) como o Diclofenaco. Se não conseguir o ibuprofeno também pode usar o paracetamol, Tylenol (acetaminofeno) ou aspirina (ácido acetilsalicílico) pois irão ajudar. 

Conforme, por favor leia a bula do analgésico que conseguiu e veja qual é a dose máxima que poderá usar.
NÃO USE antiespasmódicos (como o buscopan). O misoprostol provoca contrações uterinas de forma a expulsar os produtos da gravidez e anti-espasmódicos podem interferir com o

Por que não se deve colocar o Misoprostol debaixo da língua?

Decerto, após comprar Misoprostol para induzir o aborto sugerimos que não faça o uso do medicamento por via sublingual. Pois o mesmo não é próprio para isso. Podendo causar náuseas, provocando vomito e resultando na perca do medicamento.
MEDICAMENTOS SUBLINGUAL Podem-se administrar por meio da mucosa oral do paciente através das vias sublingual, translingual ou bucal. Na administração sublingual, o medicamento é absorvido por meio da mucosa sob a língua do paciente. Sua absorção é rápida e seu sabor é melhorando afim de aliviar náuseas.

Conquanto, não existem exames que consigam detectar a Mifepristona e o Misoprostol no sangue após o uso. Portanto, não existe como provar que a mulher tentou ou realizou um aborto. Em países onde as mulheres possam ser criminalizadas ou perseguidas por terem feito um aborto, não é necessário dizer a equipa médica que tentou induzir um aborto, deve dizer que teve um aborto espontâneo. O médico NÃO CONSEGUE ver a diferença. O tratamento é o mesmo. O tratamento é uma aspiração por vácuo ou curetagem, durante o qual o médico remove os restos de tecido que se encontram no útero. Os médicos têm a obrigação de ajudar em todos os casos.

Embora, os comprimidos de Misoprostol devem ser colocado o mais próximo possível da parede do útero, se não conseguir fazer manualmente. Deve usar como auxilio um aplicado de pomada.

O que pode ocorrer se eu não tomar o Misoprostol a tempo?

Entretanto, o médico aconselha o uso de Misoprostol 24 horas após engolir o comprimido de Mifepristona. No entanto, pode ser usado mais cedo ou mais tarde (desde 12 até 72 horas após ter tomado a Mifepristona).

Eventualmente, pesquisas científicas demonstraram que, para mulheres com gravidezes de 8 semanas ou menos, o Misoprostol funciona com a mesma eficácia quer seja tomado ao fim de 12, 24, 48 ou até 72 horas após o Mifepristone. Apesar de instruirmos as mulheres a tomarem o Misoprostol 24 horas após a Mifepristona e as encorajarmos fortemente a seguirem todas as instruções, se a mulher tomar a Mifepristona ligeiramente mais cedo ou mais tarde, isso não vai afetar o resultado final do aborto medicinal.

Após fazer uso de Misoprostol, devo beber água ?

Outrossim, quando começar o procedimento com os comprimidos a mulher não deve beber álcool ou ingerir drogas porque isso poderá afetar o seu discernimento. Poderá comer e beber, como faz normalmente. No entanto, como algumas mulheres podem ter náuseas e vómitos quando usam o Misoprostol, poderá optar por comer alimentos ligeiros.

Usei Cytotec, como saber se tenho uma infecção pós-abortiva?

Portanto, as infecções após abortos medicinais são muito raras. Se sentir fraqueza, náusea, vontade de vomitar, diarreia, febre , que dura mais do que 24 horas ou que é superior a 38º C, dores no abdómen; a sua barriga estiver dolorida ou sensível; e sangrar muito ou por muito tempo; ou se apresentar um corrimento vaginal que cheira mal, pode ter uma infecção e deve consultar um médico imediatamente. A infecção deve ser tratada com antibióticos.

Aliás, febre que começa logo depois de usar o Misoprostol, que dura menos do que 24 horas e que é inferior a 38ºC, é um efeito secundário normal. Se a febre dura mais do que 24 horas ou for superior a 38º C, você deve procurar um médico.
Contudo, os abortos medicinais são uma alternativa mais segura em lugares onde os métodos cirúrgicos são perigosos para a saúde da mulher, ou em lugares onde a disponibilidade de abortos seguros é restrita.
O risco de infecção é maior quando uma mulher tem um filho do que quando faz um aborto medicinal.

Como saber se sofro de complicações por ter feito uso de cytotec e o que devo fazer?

Salvo, se efetuado nas primeiras 10 semanas, a um aborto medicinal está associado apenas um pequeno risco de complicações. Este risco é o mesmo de um aborto espontâneo. Um médico pode facilmente tratar estes problemas. Em cada 100 mulheres que fazem um aborto medicinal, 2 ou 3 terão que recorrer a um médico, centro de primeiros-socorros ou hospital, para receberem tratamento.

Sobretudo, abaixo apresentam-se as complicações possíveis, os seus sintomas e o seu tratamento:

Hemorragia muito forte
Sintomas: sangramento que dura mais de 2 horas e ensopa mais de 2 pensos higiénicos maxi por hora. Sentir-se tonta ou com a cabeça “esquisita” pode ser um sinal de demasiada perda de sangue. Isto é perigoso para a sua saúde e deve ser tratado por um médico.
Tratamento: aspiração por vácuo (curetagem). Em casos muito raros é necessária uma transfusão de sangue (menos de 0,2%).
Aborto incompleto
Sintomas: hemorragia forte ou persistente e/ou dor intensa e persistente
Tratamento: aspiração por vácuo (curetagem)
Infecção


Sintomas: se tiver febre (mais que 38ºC) durante mais de 24 horas, ou se tiver febre de 39ºC ou mais, pode haver uma infecção que precisa ser tratada.
Tratamento: antibióticos e/ou aspiração por vácuo.
Se pensa que pode ter uma complicação, deve consultar um médico imediatamente. Mas, se viver num país onde o aborto é considerado crime e não tiver um médico de confiança, pode mesmo assim aceder a cuidados médicos. Não tem de dizer a equipe médica que tentou induzir um aborto; pode dizer-lhes que teve um aborto espontâneo. Os médicos têm a obrigação de ajudar em todos os casos.

Após uso de Misoprostol, quais cuidado devo tomar?

Todavia, os sintomas de um aborto medicinal e um aborto espontâneos são exatamente os mesmos e o médico não conseguirá ver ou testar qualquer evidência de que aborto foi induzido, desde que os comprimidos se tenham dissolvido completamente. Se tomou os comprimidos debaixo da língua como é recomendado, os comprimidos devem estar dissolvidos 3 horas após os ter colocado. Se colocou os comprimidos na vagina, deve verificar com os dedos para ter certeza que eles se dissolveram completamente. Podem ser encontrados vestígios dos comprimidos na vagina até quatro dias depois.

Então, em menos de 1% das mulheres, a gravidez continua. Isto pode ser determinado através de um teste de gravidez após 3 semanas ou de uma ecografia após 10 dias. Se o aborto medicinal falhou, existe um ligeiro aumento do risco de defeitos à nascença, tais como deformações das mãos e pés e problemas ao nível do sistema nervoso do feto. Para tratar uma gravidez em desenvolvimento deve repetir o aborto medicinal ou cirúrgico.

Ainda mais, várias investigações demonstraram que, em comparação com o número de abortos medicinal bem sucedidos, existem muito poucas complicações sérias
Nos poucos casos em que é necessária uma intervenção cirúrgica, como a curetagem (aspiração por vácuo), esta pode ser executada nas mesmas instalações de cuidados de saúde que tratam mulheres que tiveram abortos espontâneos.

Duração da gravidez | % de mulheres que necessitaram de assistência médica
0- 49 dias (0-7 semanas) | 2 %
40-63 dias (7-9 semanas) | 2.5%
64-70 dias (9-10 semanas) | 2.7%
71-77 dias (10-11 semanas) | 3.3%
77-84 dias (11-12 semanas) | 5.1%
85-91 dias (12-13 semanas) | 8%

(Assistência médica consiste em aspiração por vácuo para uma gravidez em desenvolvimento ou aborto incompleto.)

Como saber se a gravidez continua em desenvolvimento?

Antes que, gravidez contínua é a gravidez que continua a desenvolver-se mesmo depois do uso de Mifepristone e Misoprostol. Neste caso, o aborto falhou completamente e a mulher continua grávida. Mesmo que sangre, ainda é possível ter uma gravidez contínua. Sangrar não significa que teve um aborto bem-sucedido. Ao passo que, se ainda tem sintomas de gravidez tais como peitos doridos ou náusea, pode estar a ter uma gravidez contínua. Deve fazer um ultrassom ou um teste de gravidez 3 semanas depois para confirmar que a gravidez terminou.

A maioria dos testes de gravidez realizados 3 semanas depois do aborto medicinal são fidedignos. Contudo, as hormonas da gravidez podem continuar duas semanas após o aborto e podem induzir o teste falsamente para positivo. Se ainda continua grávida após o aborto medicinal, pode tentar o aborto medicinal outra vez ou um aborto cirúrgico. Porque o Misoprostol pode provocar malformações fetais, é importante que a mulher com gravidez contínua se submeta ao aborto cirúrgico ou medicinal para interromper definitivamente a gravidez.14

Qual a frequência de gravidezes contínuas após o uso de Misoprostol?

Duração da gravidez % de gravidezes contínuas
1-49 dias 0.1 %
50-77 dias 0.5 %
78-83 dias 3.1 %
84-91 dias 5.1 %

Quais as probabilidades do feto ter malformações se a gravidez continuar?

Bem como, se a gravidez continuar mesmo depois de usar Misoprostol, o risco de vir a ter um bebê com malformações fetais é aumentado. No entanto, este risco é pequeno, menos de 10 em 1000. Este risco é menor do que o risco de vir a ter um bebé com Síndrome de Down.
Aconselhamos as mulheres com gravidezes contínuas a se submeterem a abortos cirúrgicos ou medicinais para interromper a gravidez e assim a evitar completamente o risco de um feto malformado.

Fiz uso de Misoprostol e não deu certo, devo usar cytotec novamente ?

Com efeito, estudos sugerem que o feto que tenha sido exposto apenas à Mifepristona e que não seja abortado vai continuar a desenvolver se normalmente. Exposição do feto ao Misoprostol pode provocar malformações, tais como defeitos no crânio e anormalidades nos membros (o chamado Síndrome Mobius). Contudo, o risco de ter um bebê com malformações depois do uso do Misoprostol continua a ser muito baixo e dificilmente mensurável.

Da mesma forma, para comparar: o risco de ter uma criança com o síndrome de Down é de 1/1,300 para uma mulher de 25 anos; com 35, o risco aumenta para 1/365.  Apenas mulheres grávidas com mais de 35 anos fazem despiste do Síndrome de Down o que indica que o risco de o feto ter síndrome de Down menor que 1 e 365 é considerado aceitável. El risco muito o do Síndrome Mobius como resultado do uso de Misoprostol es menos de 10/1000).

Como se prevenir uma futura gravidez não desejada?

Mas, cerca de 85% das mulheres sexualmente ativas que não usam contraceptivos ficam grávidas no período de um ano. Uma mulher pode ficar grávida enquanto amamenta, a partir de 10 dias após o nascimento da criança, e também pode engravidar durante a menstruação. O afastamento do pênis antes da ejaculação e o período de abstinência não previnem a gravidez ou a propagação de infecções sexualmente transmissíveis. Aqui pode ler mais sobre vários tipos de contraceptivos.
Pode prevenir uma gravidez indesejada com:

  • Total abstinência
  • Uso de contraceptivos

No entanto, se é sexualmente ativa e não quer engravidar, use sempre a contracepção.

MÉTODOS CONTRACEPTIVOS:

Nenhum método de contracepção dá 100% de proteção.
Contudo, o preservativo masculino de látex é o único método contraceptivo considerado muito eficiente em reduzir o risco de infecções sexualmente transmissíveis (IST). A pílula, o Implante Dérmico ou os DIUs não protegem das ISTs.

Quando se poderá engravidar novamente depois de fazer uso do Misoprostol?

Portanto, apesar de poderem passar várias semanas depois do aborto antes de você menstruar novamente, você pode mesmo ovular na primeira ou na segunda semana depois do aborto, o que quer dizer que você pode engravidar a qualquer momento depois do aborto. Se não deseja engravidar novamente, é muito importante que comece imediatamente a usar contraceptivos.


Aliás, você pode começar imediatamente a usar preservativos ou outros métodos. O dispositivo intrauterino (DIU) pode ser introduzido 4-14 dias depois de tomar o misoprostol, mesmo que ainda tenha um sangramento ligeiro, ou em qualquer altura passados 14 dias. Você também pode esperar para colocar o DIU na sua próxima menstruação normal, mas nesse caso você vai precisar usar outro método contraceptivo até colocar o DIU, se não quer correr o risco de engravidar.


Então, você pode começar outro método contraceptivo hormonal (pílula, adesivo, anel vaginal, injeção) 1 a 5 dias depois de usar o misoprostol. Se começar a pílula anticoncepcional mais de 5 dias depois de fazer uso de misoprostol deverá usar um método barreira (camisinha/ preservativo) durante os primeiros 9 dias, até que a pílula atinja a sua eficácia máxima.


Além disso, se por alguma razão o aborto medicinal não tiver funcionado e você continuar grávida, as hormonas usadas nas pílulas anticonceptivas, adesivo, anel e injeção não são perigosas para o feto em desenvolvimento. Nós recomendamos que faça uma ecografia ou teste de gravidez para confirmar se o aborto foi bem-sucedido ou não.

Quando é que poderei ter relações sexuais depois de um aborto medicamentoso?

Salvo, é melhor esperar 4-7 dias depois de tomar o misoprostol antes de ter relações sexuais. Logo depois do aborto o cérvix (colo uterino) pode estar ligeiramente aberto e se tiver relações sexuais neste período o risco de infecção é maior.

Embora, é normal continuar a ter um sangramento ligeiro e irregular nas duas semanas que se seguem ao aborto medicamentoso (por vezes por mais tempo). Você pode ter relações sexuais mesmo que continue o sangramento. Contudo, se não deseja engravidar é importante que use contracepção de cada vez que tiver relações sexuais.

Afinal, apesar de poderem passar várias semanas depois do aborto antes de você menstruar novamente, você pode mesmo ovular na primeira ou na segunda semana depois do aborto, o que quer dizer que você pode engravidar imediatamente. Se não deseja engravidar novamente, é muito importante que comece imediatamente a usar contraceptivos.

Poderei engravidar e ter crianças depois de um aborto medicinal usando Cytotec Misoprostol?

Posteriormente, o aborto medicinal não afeta a sua capacidade de engravidar ou ter um filho no futuro. De facto, se você neste momento não deseja engravidar é importante que comece a usar contraceptivos assim que voltar a ter relações sexuais.

De fato, os resultados de um estudo sugerem que se a mulher que nunca deu à luz e tem um aborto precoce com mifepristona e misoprostol (ou outra prostaglandina) isso não vai causar problemas numa futura gravidez desejada. 23 67

Como se, numa publicação destinada a ajudar os médicos a compreender o aborto induzido é referido: ‘O aborto induzido não afeta a capacidade reprodutiva da mulher. Parto pré-termo, infertilidade, gravidez ectópica, aborto espontâneo e outras complicações em gravidezes futuras não aumentam em frequência depois de um aborto’.

O aborto medicinal com uso de Misoprostol aumenta o risco de câncer da mama?

Depois que, não fazer um aborto não aumenta as probabilidades de a mulher vir a desenvolver um câncer da mama.

“Embora, o aborto não aumenta o risco de uma mulher vir a ter um câncer. Estudos epidemiológicos enviesados afirmavam que o aborto eleva o risco da mulher de desenvolver o cancro da mama no futuro. Depois de reverem as evidências, a Organização Mundial de Saúde e o Instituto Nacional do Câncer nos Estados Unidos da América, concordaram que não há nenhuma prova credível que demonstre uma ligação entre o aborto e o cancro da mama”.

Após o uso de Misoprostol, quanto tempo irá durar o sangramento ?

Desde que, normalmente a Mifepristona não provoca qualquer efeito secundário antes de usar o Misoprostol, contudo algumas mulheres podem sentir náuseas ou ter um sangramento ligeiro. Após utilizar Misoprostol deve esperar sangramento e câimbras. Aliás, a hemorragia inicia-se, geralmente, dentro de quatro horas após ter tomado os comprimidos, mas às vezes começa mais tarde. Em alguns casos, o sangramento e as cólicas (câimbras ou espasmos) podem começar pouco depois de fazer o uso de Misoprostol. Outros efeitos secundários como náuseas, vómitos, diarreia, dores de cabeça, tonturas, e ondas de calor (afrontamentos) ou febre podem surgir pouco depois de colocar o Misoprostol.

Quanto de sangramento devo esperar após utilizar cytotec?

Dessa maneira, a hemorragia é, muitas vezes, o primeiro sinal de que o aborto começou. Se este continuar, o sangramento e as câimbras tornam-se mais intensos. A hemorragia é geralmente mais forte do que numa menstruação normal e podem aparecer coágulos. Quanto mais a gravidez se tiver desenvolvido, mais fortes serão as câimbras e a hemorragia. Se o aborto for completo, a hemorragia e as câimbras diminuirão. O momento exato do aborto pode ser identificado por um pico de intensidade na perda de sangue, dor e câimbras.
Por conseguinte, normalmente, o sangramento continuará de forma mais leve durante uma ou 3 semanas após o aborto, mas estes tempos podem variar. A menstruação normal volta geralmente ao fim de quatro a seis semanas.

Afinal, o sangramento mais intenso normalmente ocorre 2-5 horas depois de usar o misoprostol e normalmente abranda nas primeiras 24 horas. Normalmente o sangramento mais intenso e doloroso dura 3-5 horas, mas pode durar mais ou menos tempo. Algumas mulheres sangram intensamente durante cerca de 48 horas, poderá eliminar coágulos dias e até mesmo semanas depois do aborto. Isto é normal e não é perigoso, exceto se encher mais de dois absorventes externos maxi por hora por um período igual ou superior a 2 horas. É normal que o seu corpo precise de tempo para que o útero se esvazie completamente. O corpo de cada mulher é diferente.

Precisa de aconselhamento psicológico depois de fazer um aborto?

Em conclusão, a maior parte das mulheres não precisa de acompanhamento psicológico depois do aborto. Os sentimentos de arrependimento após o aborto são raros. De facto, a resposta sentimental mais comum após um aborto é a de alívio. Sentimentos passageiros de culpa, tristeza, ou perda são comuns. A maioria das mulheres consegue ultrapassar os sentimentos esses negativos que as possam afetar. É normal ficar mais sensível após o aborto. Mas, mesmo que senti tristeza ou mágoa, estes sentimentos normalmente desaparecem passados poucos dias. Mas em países onde o tabu e estigma social são grandes, é mais comum que as mulheres sofram com sentimento de culpa e vergonha.
Se não tem a certeza de que o aborto medicinal é o certo para si, encorajamo-la a discutir essa decisão com um amigo(a) de confiança.

O que fazer ao se sentir deprimida depois de um aborto?

Em princípio, em casos raros, as mulheres podem ficar clinicamente deprimidas depois de terem feito um aborto. Se os seus sentimentos são avassaladores e pense que não consegue superá-los ou se está com sintomas de depressão, deveria procurar a ajuda de um profissional.
Há fatores que são conhecidos por contribuir para o risco de depressão, ansiedade ou pânico. A depressão é uma doença muito séria. É extremamente importante que procure ajuda de um profissional como um médico, psicólogo ou terapeuta, se acredita estar deprimida.

O que posso fazer para ajudar a me recuperar depois de um aborto?

É provável, após o aborto, há coisas concretas que pode fazer para se ajudar a si mesma lidar positivamente com a sua decisão. As seguintes sugestões podem ajudá-la a aceitar e lidar com os seus sentimentos, fazer com que os seus sentimentos de tristeza desapareçam, pode também ajudá-la a “finalizar” a sua experiência de aborto.

Por fim, permitir-se a si mesma a exprimir tristeza e mágoa que sinta vai ajudar a que essa mesma mágoa e tristeza diminuam. Não se vai sentir assim para sempre.
Não seja dura consigo mesma. Fale consigo mesma de uma forma positiva. É uma boa pessoa. É uma pessoa com moral.

Portanto, lembre-se de que é corajosa – tomou uma decisão difícil.
o quê tomou a decisão de fazer um aborto.
Lembre-se que tomou a melhor decisão que poderia ter tomado dadas as circunstâncias.
Pergunte-se, se planeja um dia ter uma gravidez desejada, quão diferente seria da situação em que se encontrava?

Contudo, escreva os seus sentimentos num diário ou livro especial que mais ninguém verá.
Pense em coisas para fazer que a farão sentir melhor. Escreva-as e tente fazer muitas destas coisas todos os dias.

Pense no seu futuro. Faça uma lista de coisas de que gostaria de fazer.
Considere criar um “fim” para a sua relação com a sua gravidez escrevendo uma carta de despedida mantendo-a num local seguro ou queimando-a.
Pratique exercícios de relaxamento para a ajudar a lidar com o stress.

E acima de tudo evite reincidências pois na na próxima utilização do medicamento a dose deverá ser dobrada.

Você precisa fazer uma ecografia/ ultrassom depois de fazer um aborto medicinal?

Portanto, se não tem sintomas de complicação, não é necessário fazer uma ecografia/ultrassom depois de um aborto medicinal.
Ao fazer uma ecografia/ ultrassom você pode saber se a gravidez foi interrompida mesmo poucos dias depois do aborto, sobretudo se você não tem a certeza que o aborto foi bem-sucedido. Você também pode fazer um teste de gravidez 3-4 semanas depois de usar os medicamentos. Se você fizer o teste antes de terem passado 3-4 semanas é possível que o resultado seja um falso positivo, porque ainda tem hormônios da gravidez no seu corpo.

O aborto medicinal é em tudo semelhante a um aborto espontâneo, trata-se de um processo que ocorre ao longo do tempo e o seu corpo pode precisar de várias semanas até expelir todos os tecidos e produtos da gravidez do útero. Isto é normal. Se quiser pode fazer uma ecografia/ ultrassom 10 dias depois de usar os medicamentos, apenas para confirmar o mais cedo possível que a gravidez foi interrompida.
Mesmo que a gravidez tenha terminado, muitas mulheres continuam a ter durante várias semanas sangue e tecidos no útero. Se não tiver nenhum sinal de complicação como dores fortes na barriga, febre, sangramento excessivo ou corrimento vaginal anormal (com mau odor), não há necessidade de nenhuma intervenção cirúrgica como curetagem, mesmo que isso seja sugerido pelo médico.

E se não sangrar após fazer o uso de Misoprostol?

Afinal, se não começar a sangrar dentro de 4 horas após o uso de Misoprostol, deve aplicar outros 2 comprimidos. Se mesmo assim não sangrar e tiver a certeza de que está grávida, então a gravidez é ectópica ou continua em desenvolvimento. Deve fazer uma ecografia (ultrassom). Se sofrer de complicações como febre, desmaios ou dor abdominal intensa, deve procurar ajuda médica imediatamente, pois pode ter sofrido uma ruptura da trompa de falópio devido a uma gravidez ectópica. Se tiver uma gravidez ectópica, o médico tratá-la. Este procedimento não é considerado um aborto e é essencial para salvar a vida da mulher. Se a ecografia revelar que a gravidez continua em desenvolvimento, então deve repetir a tentativa de aborto medicinal.

É possível ver os produtos do aborto (placenta, embrião, sangue) e como deve descartá-los?

Na maioria das vezes, a mulher consegue ver sangue e tecidos no penso higiénico (absorvente) ou na sanita (vaso sanitário). Pois, o embrião (muito pequeno) geralmente passa por entre este sangue e tecidos, de tal modo que passa despercebido. No entanto é possível que veja o embrião. Mas, dependendo da duração da gravidez, pode, ou não, ser visto um pequeno saco embrionário com algum tecido em redor. Por exemplo, se for uma gravidez de apenas cinco a seis semanas, o saco não será visível. Por certo, às nove semanas provavelmente encontrará um saco no sangue e é possível que consiga ver o embrião. Assim, em uma gravidez de 8 ou 9 semanas, o embrião tem cerca de 2,5 cm. Ademais, isto pode ser perturbador. Afinal, o melhor a fazer é descarregar o autoclismo e embrulhar os pensos higiénicos num saco de plástico e joga-los fora.

4 Responses

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *